Muito mais que informação. Uma prestação de serviço.
Agnelo, Erika, Chico e mais: PT define candidatos
Agnelo, Erika, Chico e mais: PT define candidatos

Agnelo, Erika, Chico e mais: PT define candidatos

Agnelo, Erika, Chico e mais: PT define candidatos. Os representantes do PT-DF nas eleições proporcionais foram escolhidos no último fim de semana.

O PT definiu, no último fim de semana, os candidatos a deputado federal e distrital no DF. Vão concorrer à Câmara dos Deputados: o ex-governador Agnelo Queiroz; a deputada Erika Kokay (reeleição); o ex-deputado Roberto Policarpo; a coordenadora de direitos dos animais do PT, Vanessa É o Bicho; e a ativista trans, Ruth Venceremos. Os suplentes são América Bonfim e Joaquim Rodrigues.

Para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), foram escolhidos nove homens, três mulheres e três candidaturas coletivas femininas.

Serão candidatos a deputado distrital: Chico Vigilante (reeleição), Ricardo Vale, Gabriel Magno, Cabo Patrício, Gabriel, João Dão, Fabiano Trompetista, Cláudio Bessa e Lima.

Nas vagas destinadas às mulheres, foram escolhidas: a Coletiva Somos, com Hellen Frida à frente; Coletive Chão, chefiada por Leda Gonçalves; e ColetivAção, de Cristiane Santos. Thelma Melo, Mariana Rosa e Meg Guimarães também vão se candidatar à CLDF pelo PT.

Além dos coletivos, as mulheres companheiras Thelma Melo, Mariana Rosa, Meg Guimarães e Fátima Rola, completam as vagas para o sexo feminino à disputa pela CLDF. A suplência ficou com a Professora Flávia.

Senado

A votação definiu a vice-presidente da sigla, Rosilene Corrêa, para concorrer ao Senado. A vaga estava sendo disputada, também, pelo ex-deputado federal Geraldo Magela, que renunciou à candidatura para integrar a coordenação da campanha de Lula no DF.

Candidato ao GDF

Na ocasião, foi anunciado como candidato ao Governo do Distrito Federal, o deputado distrital do PV, Leandro Grass, como o candidato da Federação Brasil da Esperança (FE Brasil). A Federação agrega os partidos PT, PV e PCdoB, nacionalmente.

O PT DF informa que ajustes finais das chapas ainda podem ocorrer, ficando a cargo do Diretório Regional, analisar possíveis emendas.
Os partidos devem registrar as candidaturas na Justiça Eleitoral entre 20 de julho e 15 de agosto.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *