Muito mais que informação. Uma prestação de serviço.
GDF e BRB lançam pacote de serviços para igrejas e fiéis
GDF e BRB lançam pacote de serviços para igrejas e fiéis

GDF e BRB lançam pacote de serviços para igrejas e fiéis

GDF e BRB lançam pacote de serviços para igrejas e 1 milhão de fiéis.

Fiéis e membros do Conselho dos Pastores Evangélicos do Distrito Federal (Copev-DF) ganharam acesso a condições diferenciadas do Banco de Brasília (BRB). O governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou o lançamento da nova linha de atendimento neste sábado (25/6), na Igreja de Deus, localizada entre as quadras 409 e a 410 Sul.

Governador Ibaneis Rocha, participa da Missa de Encerramento da Semana de Pentecostes 2022. Taguaparque - Taguatinga-DF-01

A medida pode beneficiar, direta e indiretamente, 1 milhão de pessoas. Ibaneis destacou ter trabalhado durante toda a pandemia ao lado das igrejas.

“Hoje, a igreja do DF, diferente do passado, trabalha dentro do governo, nos orientando a todos os momentos”, assinalou. Segundo o emedebista, as igrejas têm apoiado os projetos sociais do GDF. O governador anunciou que vai participar da Marcha para Jesus, prevista para o próximo sábado (2/7).

Segundo o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, as condições diferenciadas serão oferecidas a partir de um acordo de cooperação técnica assinado com a Copev-DF. Fiéis e igrejas poderão acessar a condições diferenciadas para todos os produtos do banco. São redução de taxa de juros e redução ou isenção de determinadas tarifas.

De acordo com Paulo Henrique, o público-alvo também terá condições mais acessíveis para crédito, cartão, seguros e a até nas maquininhas, atualmente utilizadas para o recebimento de dízimo e apoio da comunidade.

“Objetivo é fazer com essas pessoas ter acesso a condições diferenciadas e as igrejas possam de fato usar recursos que são destinadas a arcar com juros, tarifas, para a atividade fim da igreja que é promover o bem para a nossa sociedade”, ponderou o presidente do BRB.

O Copev-DF tem aproximadamente 5 mil pastores atualmente. As pequenas igrejas estão espalhadas em todas as regiões administrativas. Por exemplo, Samambaia tem aproximadamente 750 igrejas, por exemplo. Durante o evento, líderes evangélicos pontuaram que o governo não deixou o DF parar durante a pandemia, respeitando as igrejas.

Fonte: Metrópoles

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *